Viva Saudável com Diabetes

Segundo a sociedade Brasileira de diabetes, 500 novos casos são identificados por dia, contabilizando 14 milhões de pessoas com a doença no ano de 2014.

Dados do Ministério da Saúde revelaram que o percentual de pessoas portadoras passou de 5,5% em 2006 para 6,9% em 2013. A falta de informação ainda é um dos principais motivos do aumento dos casos no país.

O diabetes é a condição na qual o pâncreas deixa de produzir insulina. As evidências mais comuns da doença se dividem nos tipos 1 e 2, o primeiro acontece geralmente em crianças adolescentes e jovens.

A propensão genética pode ser uma das causas, porém uma mãe pode ter diabetes e os filhos nascerem totalmente saudáveis. A doença aparece de forma repentina e os principais sintomas são: sede constante, vontade excessiva de urinar, fraqueza, náuseas e vômitos.

Quando o paciente recebe o diagnóstico do tipo 1, certamente ele é dependente de insulina para a vida inteira, havendo a necessidade de repor esse hormônio para que o organismo restabeleça os níveis normais de açúcar no sangue.

Pessoas na fase adulta, acima do peso, sedentárias e com mais de 40 anos de idade estão propícias a desenvolver o diabetes tipo 2. A causa está relacionada principalmente aos maus hábitos alimentares.

diabetes viva saudável

Os sintomas podem aparecer como no tipo 1, porém de forma gradativa. Em muitos relatos, a doença vem de forma silenciosa, dificultando o diagnóstico, mas normalmente os medicamentos orais a controlam de forma eficaz.

O uso de insulina é recomendado em situações nas quais o remédio não está surtindo o efeito desejado. Distúrbios da visão, impotência sexual, insuficiência renal e problemas cardiovasculares podem aparecer se a enfermidade não for bem tratada, ocasionando muitas complicações na saúde do paciente.

O ideal é que a glicose fique entre 70 e 100 mg/dl a partir dos 100 mg/dl em jejum ou 140 mg/dl duas horas após as refeições, a situação é chamada de hiperglicemia e abaixo de 70 mg/dl ocorre a hipoglicemia.

De acordo com especialistas, o diabético precisa de uma dieta balanceada, sendo ideal procurar um nutricionista. Não consumir nenhum teor de açúcar, manter uma alimentação rica em proteínas, aminoácidos e carboidratos, além da prática regular de atividades físicas para manter o peso dentro da normalidade, são fatores essenciais para se controlar o nível de açúcar no sangue.

Hoje em dia ficou mais fácil tratar o diabetes devido a uma série de alimentos que não existiam no passado. Você vai ao mercado e encontra de carboidratos integrais a doces dietéticos.

É essencial procurar um médico para se manter informado sobre a doença e entrar num tratamento sério para levar uma vida melhor.

Diabetes e vida saudável, uma combinação perfeita, só depende de você.